CARAS DE PAU: GERALDO E IVANILDO POUSAM DE BONZINHOS AO LADO DO GOVERNADOR

A cara de pau do Prefeito Geraldo Moura e do ex Prefeito Ivanildo Gouveia, algozes do Governador Ricardo Coutinho (PSB) nas duas campanhas em que disputou o Palácio da Redenção, tem rompido fronteiras. Ambos, estiveram na última quarta-feira,(19), no encontro das águas do Rio São Francisco com o açude de Boqueirão, e aproveitaram do momento pra paparicar o Governador Ricardo Coutinho que também se fazia presente no evento. Enquanto os representantes soledadenses estavam bastante sorridentes e com a cara lisa de tanto óleo de peroba, o Governador parecia não estar muito satisfeito com a presença de quem algum dia fez da política um jogo sujo.

Na campanha de 2010 fiscais do Tribunal Regional Eleitoral apreenderam na gráfica Moura Ramos, de propriedade do atual Prefeito de Soledade, uma grande quantidade de material impresso apócrifo contra o candidato a governador, à época, Ricardo Coutinho (PSB). O material apreendido tinha cunho difamatório e inverídico. Na gráfica, foram apreendidos cerca de 30 mil exemplares de um impresso que trazia o título "A Virada" que estavam distribuídos em 18 caixas. Eram jornais falando sobre o caso da Fazenda Cuiá que foi comprada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa na gestão do ainda Prefeito Ricardo Coutinho.

Já o Ex Prefeito Ivanildo Gouveia, na mesma eleição, em sua página pessoal da rede social Orkut, não satisfeito com a política rasteira praticada por ele na princesa do Cariri, utilizou-se de uma campanha difamatória contra o candidato a Governador Ricardo Coutinho, ultrapassando todos os limites éticos bem como da liberdade de expressão. Ivanildo dizia na publicação que ‘’ o candidato Ricardo Vieira Coutinho é ateu, que consagrou João Pessoa a satanás num terreiro de macumba e que é seguidor dos rituais satânicos’’. Não satisfeito, o ex Prefeito tentava vincular que Ricardo era acusado de possuir associação com demônios.
 À época, Ricardo Coutinho impetrou uma Notícia Crime em desfavor de Ivanildo e solicitou que fossem tomadas todas as providências para a elucidação do fato. O Ministério Público, por sua vez, entendeu que ‘’Ivanildo havia ultrapassado os limites que se espera em uma disputa pelo poder, tudo como forma de criar nos eleitores uma imagem demoníaca sobre a vítima, mesmo sabendo da falsidade das informações’’.

Pelo que podemos perceber a dupla soledadense, Geraldo e Ivanildo, não medem palavras e ações para atacar a honra e a imagem de quem os opõem, e agem de forma vil e desrespeitosa para conseguir o que desejam.

Só não conseguiram tirar um sorriso do Mago, que, apesar de toda civilidade, não gostou nem um pouco da falsidade dos Judas de Soledade.

Postagens mais visitadas deste blog

PARÓQUIA DE SANTA ANA DIVULGA PROGRAMAÇÃO DA FESTA DA PADROEIRA

Prefeito de Soledade baixa decreto proibindo funcionários de usar celular durante o expediente.