SOLEDADE,100 DIAS SEM NADA !



Soledade está estigmatizada pelo fracasso administrativo dos últimos anos das gestões de Ivanildo Gouveia e Zé Bento. É preciso verdade, criatividade e inovação para construir “Um Tempo de Paz e Reconciliação”. O prefeito Geraldo Moura completa 100 dias de governo, mas não tem nada de positivo que possa apresentar para a população.O fato é que a atual gestão está igual ou pior à do ex Prefeito Zé Bento.

Num rápido balanço que o blog fez, é possível perceber que em Soledade não temos grandes resultados para mostrar, já que a atual gestão não conseguiu fazer no máximo o feijão com arroz, uma pena, porque o tempo não para.

Num primeiro momento e avaliando o governo como um todo, alguns pontos estão latentes:

1 – Em 100 dias, a administração foi marcada por atos pirotécnicos e sem nada de concreto.

2- A experiência do Prefeito no ramo privado que, para efeitos de campanha foi um elemento positivo, não se reverteu até o momento num estilo de governar mais inovador e ousado. Pelo contrário, os 100 dias de Geraldo Moura trouxeram traços conservadores e a ingerência do ex Prefeito Ivanildo Gouveia na gestão dando as cartas e dizendo o que o Geraldo deve ou não fazer. Quem mora em Soledade percebe que o gestor precisa impor, e com urgência autoridade. Creio que lhe falta, afinal, mostrar a alguns quem é que manda na prefeitura. É geral e retumbante – voz rouca das ruas – que falta pulso firme ao prefeito.

3- A prática de nepotismo foi outra característica forte do prefeito nos primeiros dias de governo. Algo nunca visto em Soledade, o número exacerbado de parentes do Prefeito nomeados na Prefeitura, inclusive com pessoas que não tem identificação alguma, como a esposa, o filho de Geraldo e a nora que , raramente, encontram-se na cidade e ocupam cargos do alto escalão.

4- Logo nos primeiros dias da gestão, o Prefeito tratou de arranjar uma forma de arrecadar dinheiro reajustando a taxa de iluminação pública que, em alguns casos, a cifra chegaria a mais de 500%, mas devido ao empenho dos vereadores da oposição e do ex Prefeito Flavinho que encabeçaram a sua derrubada, diga-se de passagem, que a polêmica medida provisória não logrou êxito e teve através da justiça seu aumento suspenso, assim como o projeto de municipalização ( retirado de pauta) do trânsito em que o Prefeito almejava, em ambos, arrecadar mais dinheiro com multas, autuações e outras situações, prejudicando a população mais carente que já sofre com uma crise econômica e estiagem sem precedentes.

5- Recentemente, um dos representantes do SINTAB-Soledade/PB, postou a sua indignação com relação a retirada intransigente da progressão horizontal do magistério, o que acarretou em diminuição de salário. Segundo alguns professores, o prefeito em janeiro deu um aumento de 7,6% (piso nacional dos Professores) pra o magistério, mas no mesmo mês retirou 5% dos seus vencimentos.

6- No tocante à saúde, o descalabro é mais assustador. Segundo vários pacientes que utilizam dos cuidados da gestão pública, na gestão do secretário Miranda Neto e Geraldo Moura falta de tudo, de material de limpeza e de trabalho à exames que não está ocorrendo.

7- A iluminação pública de Soledade está precária, com várias ruas as escuras o que na opinião da maioria da população facilita a ação de criminosos. O soledadense já paga uma taxa de iluminação pública que permite ao município manter esse tipo de serviço.

8- A estrutura de transporte escolar de alguns ônibus do município para os alunos que viajam para Campina Grande está completamente sucateada. São veículos, conforme já denunciamos, sem manutenção correndo o risco de sofrer acidente.

9- As reclamações da constante falta de merenda escolar foram denunciadas por alguns vereadores e por pais de alunos.

10- O prefeito foi bondoso nos 100 primeiros dias de administração, premiando 04 parentes dos vereadores de sua base de sustentação em cargos de secretário adjunto e folha de pagamento. 

11– A grande maioria aponta que muitos cargos comissionados são ocupados por velhos conhecidos e de governos anteriores.

Esse é o retrato da administração que em palanque prometeu tudo, porém depois de eleito tirou do povo o básico com a alegação esdrúxula de sempre a falta de dinheiro. Essas são só algumas das mazelas, outras não foram relatadas aqui nesse material.




Postagens mais visitadas deste blog

PREFEITURA DE SOLEDADE LICITA MAIS DE 1 MILHÃO DE REAIS EM CARNES

ESTUDANTE RECLAMA DE TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO SUPERLOTADO