Na Paraíba, Ciro Gomes chama Temer de chefe de quadrilha e diz que vai revogar lei trabalhista

O presidenciável Ciro Gomes, que chegou nesta segunda-feira (18) à Paraíba, disse que o presidente Michel Temer (PMDB) é “chefe de quadrilha” e se eleito presidente da República, ele pretende revogar a lei trabalhista aprovada por Temer, porque segundo ele é uma impertinência e traz insegurança jurídica para o País. Já a reforma da Previdência, ele tem esperança de que ela não vai passar.
“Cansamos de apostar em uma coisa que é um curto circuito, porque o problema do Temer não é que é ele, ele é o chefe de uma quadrilha que também hegemonizou a maioria do Congresso, a maioria da Câmara Federal”, disse, lembrando que a Câmara não aceitou as denúncias que o Ministério Público Federal fez contra ele, devido à “compra de votos” que impediu a investigação, e o caminho do impeachment também não foi possível porque dezenas de pedidos de impeachment foram recusados pelo deputado Rodrigo Maia, e a renúncia também foi descartada por Ciro porque, segundo ele, na “qualidade de chefe de quadrilha” Temer não tem “dignidade nenhuma”.
Ciro negou que haja denúncias contra o irmão dele, ex-governador do Ceará, Cid Gomes. Ciro disse que o denunciante, o engenheiro civil Emanuel Adeodato Pinheiro,que trabalhou três anos e meio como gerente nas obras do Consórcio do Porto do Pecém, formado pelas empresas Marquise, Queiroz Galvão e Ivaí, parece ter problemas mentais. “Puna-se quem quer que seja o responsável. Não há nenhuma denúncia contra o governo do Cid”, disse.
Quanto às eleições na Paraíba, Ciro Gomes disse que o PDT respeita a autonomia das instâncias estaduais, mas fez grandes elogios à vice-governadora Lígia Feliciano e ao deputado federal Damião Feliciano. “De maneira que eles têm a nossa confiança”, disse.
O presidenciável também disse que a Paraíba está bem no país, graças ao trabalho do governador Ricardo Coutinho. “O governador Ricardo Coutinho é uma pérola”, destacando ainda a importância do diálogo e o projeto de formar palanques em todo o Brasil para sustentar a candidatura de Ciro Gomes a presidente da República. Já o presidente atual do PDT,  ex-ministro, Carlos Lupi, por sua vez, disse que vai incentivar que Lícia seja candidata ao Governo do Estado.  

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito de Soledade baixa decreto proibindo funcionários de usar celular durante o expediente.

PROMOTORIA DE SOLEDADE EXPEDE RECOMENDAÇÃO A ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS SOBRE PROIBIÇÃO DA VENDA DE BEBIDA ALCOÓLICA A CRIANÇAS E ADOLESCENTES