Na Paraíba, Ciro Gomes chama Temer de chefe de quadrilha e diz que vai revogar lei trabalhista

O presidenciável Ciro Gomes, que chegou nesta segunda-feira (18) à Paraíba, disse que o presidente Michel Temer (PMDB) é “chefe de quadrilha” e se eleito presidente da República, ele pretende revogar a lei trabalhista aprovada por Temer, porque segundo ele é uma impertinência e traz insegurança jurídica para o País. Já a reforma da Previdência, ele tem esperança de que ela não vai passar.
“Cansamos de apostar em uma coisa que é um curto circuito, porque o problema do Temer não é que é ele, ele é o chefe de uma quadrilha que também hegemonizou a maioria do Congresso, a maioria da Câmara Federal”, disse, lembrando que a Câmara não aceitou as denúncias que o Ministério Público Federal fez contra ele, devido à “compra de votos” que impediu a investigação, e o caminho do impeachment também não foi possível porque dezenas de pedidos de impeachment foram recusados pelo deputado Rodrigo Maia, e a renúncia também foi descartada por Ciro porque, segundo ele, na “qualidade de chefe de quadrilha” Temer não tem “dignidade nenhuma”.
Ciro negou que haja denúncias contra o irmão dele, ex-governador do Ceará, Cid Gomes. Ciro disse que o denunciante, o engenheiro civil Emanuel Adeodato Pinheiro,que trabalhou três anos e meio como gerente nas obras do Consórcio do Porto do Pecém, formado pelas empresas Marquise, Queiroz Galvão e Ivaí, parece ter problemas mentais. “Puna-se quem quer que seja o responsável. Não há nenhuma denúncia contra o governo do Cid”, disse.
Quanto às eleições na Paraíba, Ciro Gomes disse que o PDT respeita a autonomia das instâncias estaduais, mas fez grandes elogios à vice-governadora Lígia Feliciano e ao deputado federal Damião Feliciano. “De maneira que eles têm a nossa confiança”, disse.
O presidenciável também disse que a Paraíba está bem no país, graças ao trabalho do governador Ricardo Coutinho. “O governador Ricardo Coutinho é uma pérola”, destacando ainda a importância do diálogo e o projeto de formar palanques em todo o Brasil para sustentar a candidatura de Ciro Gomes a presidente da República. Já o presidente atual do PDT,  ex-ministro, Carlos Lupi, por sua vez, disse que vai incentivar que Lícia seja candidata ao Governo do Estado.  

Postagens mais visitadas deste blog

JANAÍNA: A PRIMEIRA-DAMA MAIS AUSENTE DA HISTÓRIA DE SOLEDADE

AGITE! CONFIRA AS OPÇÕES DO FIM DE SEMANA EM SOLEDADE